ACOMPANHE A PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS Facebook Twitter Youtube SoundCloud Instagram
Home|Notícias|Trabalho na 1ª infância em Boa Vista é elogiado por especialistas internacionais
NOTÍCIAS
Social
15/03/2019 09h24
Trabalho na 1ª infância em Boa Vista é elogiado por especialistas internacionais

Trabalho na 1ª infância em Boa Vista é elogiado por especialistas internacionais (Fotos: Claudia Ferreira)

Jornalista: Shirleia Rios

 

Desde 2013 a prefeita Teresa Surita desenvolve diversas ações com olhar especial voltado à primeira infância, com a rede do Família Que Acolhe (FQA). Nesta semana diretores da fundação Bernard Van Leer, da Holanda, Leonardo Yanez e Cecilia Jones, estiveram em Boa Vista para conhecer de perto o trabalho da gestão municipal com as crianças. A fundação é uma das parceiras da Prefeitura de Boa Vista neste olhar diferenciado para os primeiros anos de vida.

 

Os representantes percorreram diversos locais onde a política pública municipal é aplicada. O primeiro ponto foi o FQA, onde puderam conhecer as ações integradas de saúde, educação e social, que cuidam da criança desde a gestação até os seis anos de idade e, o ‘Cidade Social’, sistema desenvolvido pela gestão que integra as informações de todas as famílias atendidas pelos programas sociais.

 


 

Em seguida, foram à Escola Municipal Carmem Eugênia Macaggi, no bairro Asa Branca. Por lá acompanharam as aulas de robótica, o método Compasso, desbravadores digitais, dentre outras metodologias e incentivos aplicados na educação municipal como os playgrounds modelos, com piso emborrachado. Eles ficaram surpresos com Currículo da Educação Infantil de Boa Vista, o primeiro para a educação infantil de Roraima e o primeiro da região Norte.  Um marco com viés educativo e um legado para as futuras gerações da capital.

 


 

O ensino diferenciado nas escolas, a qualidade da merenda escolar, os abrigos de ônibus temáticos, o atendimento hospitalar humanizado, o trabalho desenvolvido pelo Família Que Acolhe, foram etapas importantes para se chegar a elaboração do Currículo que está alinhado à Base Nacional Comum Curricular.

 


 

O Cras Pintolândia foi outro ponto visitado, local onde é feita a identificação de famílias com vulnerabilidade social, a porta de entrada para os programas sociais. As Casas Mãe do bairro Nova Cidade, extensão do FQA, também foram visitadas, uma vez que as crianças atendidas têm vaga garantida na creche. E a Unidade Básica de Saúde Délio Tupinanbá, também no Nova Cidade, onde as mães também são atendidas e fazem acompanhamento pré-natal.

 


 

Da Casa Mãe até a UBS, o grupo caminhou pelas ruas do bairro e puderam conferir as intervenções que foram preparadas especialmente para os pequeninos. Obras de infraestrutura, espaços públicos verdes, espaços para interação de pais e filhos, mobilidade para as famílias, dentre outros.

 


 

“Estamos encantados com tudo que vimos aqui em Boa vista. Coisas que não vemos em outros lugares do Brasil. Realmente o trabalho da Teresa voltado para a primeira infância é surpreendente. São experiências que levaremos para outros lugares. Quando ouvíamos falar do trabalho feito aqui ficávamos imaginando se era tudo isso mesmo, até vir conhecer de perto. Superou minhas expectativas”, contou Cecília Jones, representante da fundação.

 

Nesta quinta-feira, 14, eles visitaram o Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) conhecendo o trabalho desenvolvido pela gestão municipal voltado a área da tecnologia. Participaram de uma apresentação dos Desbravadores Digitais, entenderam a metodologia do Cidade Social e os mecanismos de integração com demais sistemas da prefeitura e falaram sobre o projeto Urban95.

 


 

Gestão que faz a diferença

 

Os diretores da Van Lee destacaram o trabalho da prefeita Teresa Surita e a equipe que contribuem para que todas as ações voltadas à primeira infância sejam prioridades.

 

“A liderança da prefeita cria liderança, porque ouvindo cada secretário, cada pessoa que esteve conosco, pudemos perceber que são pessoas imponderadas, seguras e confiantes. A equipe da prefeita é uma equipe participativa, integrada. Ficamos felizes com tudo que vimos. A experiência mais interessante que já vi em todos os continentes é aquela que todos são parte da construção e isso vimos aqui”, destacou Leonardo Yanez.

 


 

Ele pontuou três coisas em Boa Vista que marcam a diferença entre outras cidades. “Há uma liderança muito forte da prefeita Teresa, com um equipe que a acompanha, as vezes temos lideres muito fortes e não necessariamente uma equipe que acredita na mesma ideia. A segunda é que para mim a melhor forma de conquistar a mudança é se podemos medir a mudança, e acredito que há esforços muito importantes de Boa Vista que poucas cidades do mundo, inclusive na Holanda, e em países mais desenvolvidos não têm, e a terceira é a integração”, disse.

 


 

Para Leonardo, o trabalho feito pela prefeita em Boa Vista precisa ser visto em outros países. “Seríamos muito privilegiados se pudéssemos aprender com a experiência de vocês, documentar e compartilhar com outras cidades que querem fazer algo para sua população, para os seus cidadãos”, garantiu Leonardo.

 

Bernard Van Leer 

 

A fundação apoia e promove mudanças duradouras nos cenários e oportunidades que moldam os primeiros anos da vida das crianças. Acredita que quando os bairros de uma cidade funcionam bem para mulheres grávidas, bebês, crianças pequenas e jovens, eles também tendem a promover, além de comunidades fortes, o desenvolvimento econômico.

 


 

Por isso criou o Urban95 uma estratégia para trabalhar com planejadores urbanos, arquitetos, engenheiros e gestores públicos municipais para que incorporem o desenvolvimento da primeira infância no planejamento e gestão das cidades. Com objetivo de apoiar áreas urbanas mais saudáveis, seguras e estimulantes para crianças pequenas, para os que cuidam delas, e para todos. A Urban95 é poder vivenciar uma cidade a uma altura de 95 cm, a altura média de uma criança saudável de 3 anos.

 


 

“A Van Leer já faz vários trabalhos em parceria aqui em Boa Vista, mas é sempre um momento muito importante quando eles vêm. Para a nossa grata surpresa estão bem felizes com o resultado do nosso trabalho, principalmente relacionado à primeira infância. A gente trabalha para que a cidade seja olhada por todos, com o olhar de uma pessoa de 95cm. Quando uma cidade vai se adequando a isso ela está preparando uma cidade para todos. A prefeita Teresa precisa deixar essa cidade até 2020 bastante consciente de que a primeira infância é para sempre e que os três primeiros anos fazem uma grande diferença na vida de todo adulto” frisou a secretária municipal de Gestão Social, Simone Queiroz.

 


 

Mais fotos no link:

https://www.flickr.com/photos/170294565@N07/sets/72157679350181728

 

 

FALE BOA VISTA LIGUE 156
Prefeitura Municipal de Boa Vista, Trabalhar e Cuidar das pessoas
Prefeitura Municipal de Boa Vista
Palácio 9 de Julho | Rua General Penha Brasil, 1011 - São Francisco | CEP: 69305-130 TELEFONE: 156 | Boa Vista - Roraima - Brasil